this sunset.


Digamos que por vezes tenho sentimentos contraditórios. No Verão é porque faz demasiado calor e no Inverno é porque não há neve, no entanto, é em dias como o de hoje que me apercebo que por aqui temos de facto paisagens lindas e melhor que tudo temos o mar.
Eu adoro o pôr do sol. Adoro as cores.

Hoje saí ao fim da tarde com J. para irmos até à marina tomar um café com uns amigos, e esta foi a primeira imagem com que me deparei. Foi uma hora bem passada, escureceu rápido!



E agora, tenho saudades do Verão!

Um Bom Ano para vocês!

Um pequeno-almoço diferente.

Outro dia de manhã resolvi experimentar um pequeno-almoço diferente. Sempre achei um pouco estranho juntar a fruta e o pão "ao natural". No entanto, a minha avó sempre fez isso com a banana. Depois de ver também algumas receitas assim, resolvi experimentar esta. Torrei uma fatia de pão, cortei uma maçã verde às fatias e reguei com mel. O resultado foi de facto bom, as minhas dúvidas ficaram esclarecidas. Qualquer dia experimento também a banana ou com outro fruto qualquer, pelo que tenho visto existem uma multiplicidade de combinações.



Vocês têm por hábito comer fruta com pão? Qual a vossa receita?

December favorites.

Este mês tive vontade de fazer uma lista das minhas coisas favoritas, quer fossem novos blogs, revistas, peças de roupa, receitas ou fotografias.
Todos os "momentos" que de alguma forma me inspiraram.

Heart Home Magazine - winter 2011

Foodie Crush - Debut Issue

Happy December by Jackie Rueda

Lottie and Doof - love the recipes!

In the mood for food - Frutos secos com mel e iogurte




Vocês já pensaram em criar também uma lista? 

Bolinhos de coco e leite condensado

De volta à rotina. Espero que tenham tido um óptimo Natal. Na minha família são sempre 3 dias de festa porque o meu avô faz anos dia 26.
Este ano não fiz muitos presentes caseiros, só fiz para 3 pessoas e usei uma única receita. O livro foi um que a mãe do J. me deu o ano passado no Natal, "Biscoitos e queques". Tem receitas muito apetitosas e esta que escolhi foi bastante fácil.


Bolinhos de coco e leite condensado
( faz aprox 28)

- 1 c.sopa manteiga
- 150g de coco ralado
- 1 lata de leite condensado
- coco ralado para polvilhar

Junte a manteiga, o coco e o leite condensado num tacho antiaderente e cozinhe em lume médio alguns minutos, mexendo sempre. Quando obtiver uma espessura consistente, retire-o do lume, coloque num recipiente de loiça e deixe-o arrefecer completamente. Forme bolinhas com as mãos, passando-as por coco ralado. Leve ao frigorífico 2-3h antes de servir.

Eu adorei o resultado e recomendo para quem tem pouco tempo mas ainda assim prefere optar por um presente caseiro. 

Cheesecake de maracujá


Cá por casa somos bastante gulosos no que diz respeito às cheesecakes, de morango, de framboesa ou de maracujá...qualquer uma delas serve. A minha mãe fá-las muito bem, são as preferidas de toda a família e amigos.
Esta não foi excepção. 


Cheesecake de maracujá (serve 6)

- 1 pacote e meio de bolachas maria
- 400 ml de natas
- 240g queijo creme Philadelphia light
- 550g de polpa de maracujá
- 1 chávena de manteiga (derretida)
- 3 c.sopa de açucar
- 4 folhas de gelatina

Triture as bolachas em migalhas, junte  a manteiga derretida e "amasse" até obter uma massa com alguma consistência. Coloque a mistura anterior numa forma de fundo amovível previamente forrada com papel vegetal. Calque bem com os dedos para ficar bem compactada. Numa tigela bata as natas com o açúcar e por fim junte o queijo creme. Após dissolver as folhas de gelatina em água morna, junte-as à mistura de natas. Coloque esta mistura na forma amovível e leve ao frigorífico pelo menos 6-8h. Se puder ser de véspera ainda melhor.Prepare a calda de maracujá, juntando a polpa com 3 c.sopa de açúcar, em lume médio até engrossar. Por fim, sirva a cheesecake com a calda de maracujá.


Aproveito para vos desejar um Super Natal. Não sei se ainda consigo voltar ao blog, há muita coisa por fazer ainda, muitos presentes para preparar!

Nina´s clicks :: photography interview

De volta com as entrevistas. Desta vez com a Nina, uma fotografa verdadeiramente inspiradora. Gosta dos detalhes e do desfoque, dois pormenores que me fascinam no mundo da fotografia. 
Fico contente quando estas pessoas que eu admiro dão um feedback positivo aos meus pedidos, o que me permite partilhar com vocês as minhas inspirações!

When did your passion about photography start?
I have always loved photography but I became more serious about it a couple of years ago. Since then I have tried to make some time for it each day, to experiment and learn something new.

What inspires you in your photography is:
Inspiration may come from anything, A special moment, little things, details, flowers, warm light

What do you most love shooting?
So many things! I love to capture the magic in everyday things and moments but I also love to capture new things and places when I am travelling.


Define your photography in three words.
It's difficult for me, I try not to think too much about it and just shoot what captures my attention...Warm, soft and happy
Finally, what advice would you give for someone new in photographyland?
Try to shoot a lot, try to take your camera with you everywhere ( well, almost... ), look at a lot of photographs and experiment. And have fun.


Bacalhau no forno.


E desta vez foi mesmo. A receita do bacalhau que a minha amiga A. tinha pedido! Não é o típico bacalhau com natas português, esse só a minha avó tem a melhor receita, que um dia destes passará para mim.
Esta é uma receita simples de bacalhau no forno com natas e batatas. Eu prefiro cheio de natas, mas cá por casa não são assim tão fãs de natas como eu.


Bacalhau no forno (serve 4)

Para o refugado:
- 1 cebola picada
- 2 dentes de alho picados
- 1 folha de louro
- azeite
- 1 embalagem de bacalhau desfiado
- sal, pimenta e noz-moscada

- 4 batatas picadas aos cubos
- 400 ml de molho bechamel
- sal, pimenta
- coentros

Pré- aqueça o forno a 180ºC. Coloque todos os ingredientes do refugado e deixe cozinhar alguns minutos. Após cortas as batatas em cubos pequenos, frite-as. Numa tigela junte o molho bechamel, os coentros, o sal e a pimenta. Junte as batatas fritas ao refugado. Num tabuleiro de ir ao forno, coloque primeiramente o bacalhau com as batatas e de seguida o molho de bechamel. Finalize com um pouco de pão ralado. Leve ao forno a gratinar. Sirva com uma salada de rúcula.



Quando não há tempo.


Não sou propriamente fã de comida pré-feita, mas a verdade é que quando o tempo é praticamente nenhum, e de vez em quando, também não faz mal a ninguém. O que costumo comprar mais são as pizzas para aqueles dias em que os minutos de almoço estão contados. Acompanho com uma salada de alface ou rúcula e fico bem.


É verdade que esta não é a opção mais saudável,mas também depende de nós tornarmos a nossa refeição mais saudável, acompanhando com legumes ou fruta.
Hoje não foi um dia sem tempo para mim, mas quis partilhar esta opinião com vocês. Não é por se ter um blog de cozinha que significa que todos os dias as opções são as correctas e que tudo é super caseiro. Isso não é sempre possível quando as pessoas têm vidas ocupadas de manhã à noite. E o fim-de-semana, são os dois dias que geralmente temos mais livres para os mimos caseiros.
Hoje comi esta pizza de espinafres, queijo e tomate com uma salada de rúcula, temperada com azeite e vinagre balsâmico e gostei.


A feira foi na fábrica.


E foi assim que passamos a nossa primeira feira. Com algum stress associado e poucas horas de sono, este foi o resultado final...




Modestia à parte achei que a banca estava mesmo um mimo, cheia de detalhes super femininos, como eu diria "à lá nós".
Muito cor-de-rosa e muitos lacinhos. 
Tinhamos de tudo um pouco, desde fotografias,a quadros já montados, a compotas, caseiras, a docinhos de coco e queques de mirtilos.


Queria agradecer a todos aqueles que pararam alguns segundos ou minutos na nossa banca, àqueles que já nos conheciam e quem nos passou a conhecer. É muito importante para nós receber o vosso feedback, só por isso já valeu ter ido até à feira!


O dia passou-se bastante bem, não estava muito frio, e S.Pedro esteve mesmo do nosso lado, não choveu a tarde toda.
Levamos as nossas máquinas para podermos trazer até àqueles que não puderam ir, um bocadinho do que foi o nosso dia.



Levei o meu bloco de notas, e como não podia deixar de ser, fui até ao Café da fábrica buscar esta limonada,estava super bem feita.
O dia escureceu, mas a máquina não foi guardada, a luz feita pelas velas tornou a nossa banca ainda mais bonita, e não deixamos de congelar também esse momento.



Este domingo Estamos na Lx Factory

Hoje trago boas novidades! Este domingo estarei juntamente com a minha Rita, do blog Cv love, na Lx Factory, das 12h-18h! Contamos com a vossa presença e temos todo o gosto em mostrar-vos um pouco do nosso projecto em conjunto!

Temos compotas, cupcakes, fotografias e muito mais! 

Apareçam!!

Tenham um óptimo fim-de-semana,


Com uma pitada de espírito Natalício!

Um passeio por Monsanto


E foi assim que começou a nossa tarde de sábado...


Passeamos, fotografamos muito e respiramos ar puro, o que não é assim tão comum no nosso dia-a-dia. Já lá tinha ido uma ou duas vezes, mas sem a máquina.


Já estamos em pleno Dezembro a alguns dias do Natal, mas neste dia o sol esteve do meu lado! Estava uma luz muito gira e o sítio por si só já é super agradável.




Que acham? parece-vos uma boa opção para uma tarde de Inverno menos fria? Estavam lá algumas pessoas, umas passeavam, outras passeavam com os seus cães, uns praticavam desportos e outros apenas se sentavam nos bancos de pedra e apreciavam...




Detalhes.

Fiquei uns tempos sem pegar na máquina. Acho que o motivo foi mesmo a falta de vontade. Hoje de manhã depois de levar o zig até à rua, peguei na máquina e deixei-me ir. Foquei-me nos detalhes. Prefiro fotografar detalhes a grandes planos, mas penso que isto seja apenas uma fase...


Percorri o meu quarto e os meus objectos preferidos...


...passando também por alguns dos meus livros preferidos neste momento. Sim, ainda não acabei de ler o Julie & Julia, geralmente só leio quando estou no comboio.


tenham um bom resto de domingo, eu vou aproveitar para pro algumas coisas da faculdade em dia.

Tarte de pêra e mirtilo

Depois de algum tempo ausente, estou de volta com uma receita doce! Esta tarte fiz com a minha mãe o fim-de-semana passado. 
A minha amiga A. disse-me outro dia "quando é que pões no blog uma receita daquelas mesmo portuguesas, tipo bacalhau com natas cheio de natas"... A. está prometido que até ao final do ano partilho aqui uma receita dessas, "cheia de natas"! Mas hoje, ficamo-nos pelos mirtilos e as pêras...


Tarte pêra e mirtilos

-          7 pêras pequenas fatiadas
-          125g de mirtilos
-          3 c.sopa de creme fraiche
-          1 ovo
-          1 c.chá de maizena
-          2 c.sopa de leite
-          1 base de massa folhada
-          7 c.sopa de açucar

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Numa tijela misture o creme fraiche, um ovo batido. Num pouco de leite quente dissolva a maizena. Num tacho misture as pêras, o creme fraiche, a maizena e o açucar. Junte um pouco de água e deixe engrossar um pouco. Reserve por 5-10 min e junte os mirtilos. Coloque toda a misture no interior da massa e leve ao forno por aprox 30 min.

Que acham? quem provou gostou! espero que gostem também!
Hoje é greve, não aderi voluntariamente, mas o metro "obrigou-me".

Tarte de espinafres e mais umas coisas.

Está passado mais um fim-de-semana. Com muita chuva e até trovoada. Entre filmes, sonhos (sim aqueles do Natal) e algum estudo, foi assim que passei o meu fim-de-semana.


Cá em casa temos muito o hábito de fazer tartes, doces ou salgadas, com carne ou vegetarianas. A minha preferida continua a ser a de espinafres e queijo. São receitas rápidas para um jantar saudável, depois de uma deliciosa sopa.
Esta não foi excepção à regra: leva espinafres, queijo fresco, milho, bacon, natas, ovos, sal e pimenta. A base é de massa quebrada, à venda em todos os supermercados. Depois vai ao forno por aproximadamente 40 min a 180ºC. Simples não acham? 
Para doce, a de maçã é a minha eleita! Mas com massa caseira de preferência, acho que é importante quando de tratam de tartes doces.


Acho que já referi várias vezes aqui no blog que levo sempre comida de casa quando tenho de almoçar pela faculdade. Esta semana num dos dias levei esta sandwich de fiambre de perú, tomate cereja e ovo cozido. Se a tivesse comido em casa tinha acrescentado um pouco de mostarda dijon, mas para levar é preferível sem molhos. 

E o vosso fim-de-semana como correu?

fall


Foi no sábado passado que resolvi pegar na máquina e ir até ao parque aqui perto de casa. Na verdade, passo por lá mais do que uma vez por dia todos os dias mas com o Zig...


O Outono e a primavera são as minhas estações do ano preferidas, pelas cores, pelas temperaturas, por uma multiplicidade de coisas que só se passam nestas estações.


No outono, os tons laranja, vermelho e castanhos. Na primavera as cores vivas das flores. Mas estas sobreviveram até esta altura!


...e ainda desencantei este pequeno cogumelo, perdido no meio da relva. O tempo também não foi muito, basicamente enquanto o meu irmão passeava o Zig.
Desde que "ganhei" o gosto pela fotografia comecei a ver as coisas de outra forma, o mais pequeno e insignificante detalhe pode de facto tornar-se especial, é isso que me apaixona na fotografia!


apple, cheese & ham sandwich

Mais um dia chuvoso e mais uma greve da cp. Lisboa estava uma confusão esta manhã. Felizmente que pude ficar por casa.
Gosto de ficar sozinha em casa, o zig dorme a tarde toda e eu tenho o tempo suficiente para fazer as minhas coisas!
Gosto de receitas simples, que não me prendam muito tempo na cozinha pelo menos aquelas que faço durante a semana.


Adoro comer sandes e adoro ainda mais inventá-las. A última combinação foi esta, acompanhada com um galão, foi um dos meus almoços em frente ao computador a editar fotos. Porque às vezes o tempo torna-se difícil de gerir...

É muito simples de fazer: 2 fatias de pão, 2 de queijo, 2 de fiambre de perú e meia maçã às rodelas. Um pouco de manteiga em cada fatia de pão e tostadeira. No fim só polvilhei com oregãos.

Qual a vossa combinação preferida?

p.s: food diary, {day 34},{day 35}, {day 36}.

Lx factory

Já andava a algum tempo para ir espreitar uma das feiras no Lx factory, e com um domingo sem chuva como o de ontem decidi-me a ir. Às vezes, mesmo morando tão perto dos sítios nem damos conta que há realmente programas diferentes que podemos fazer. 
Adorei o café na fábrica, o brunch estava apetitoso, mas eu e o J. não fomos de barriga vazia por isso ficamo-nos por um café.


Haviam imensas bancas, de tudo um pouco. No entanto, achei que haviam "temas" um pouco repetitivos, muitas banquinhas com o mesmo género de artigos, o que, por outro lado, mostra que existem muitos portugueses/portuguesas talentosos! Tudo acaba por ter um lado bom.

Fiz uma paragem bem mais prolongada na banca da Twiggs, a conversa agradavelmente prolongou-se. Falamos de tudo e ainda houve tempo para umas fotografias!


Estava frio, mas ainda assim haviam algumas pessoas. Eu gostei e quem sabe volte lá mas não só para ver...


Follow @ Instagram

Back to Top